Início / Beleza / Celulite – Tipos, Causas e Tratamento →【Resenha Completa】

Celulite – Tipos, Causas e Tratamento →【Resenha Completa】

A celulite é um dos principais problemas estéticos femininos e, neste artigo, vamos lhe mostrar o que é, as causas, tipos e os principais tratamentos disponíveis atualmente para eliminá-la de uma vez por todas. Fique comigo até o final.

As mulheres, principalmente, sentem-se desconfortáveis quando fica muito aparente, deixando até de ir a praia e piscina com vergonha de mostrar o corpo.

O Que é Celulite?

A celulite (Lipodistrofia Ginóide) é quando sua pele pele fica com aspecto de “casca de laranja”, cheia de furinhos e saliências, o que causa uma aparência estética desagradável.

Esses furinhos podem ser vistos apenas quando se aperta a pele ou, em casos mais graves, são vistos mesmo com o corpo em repouso. Os principais locais atingidos são as coxas, quadris, abdômen e os braços.

Os furinhos podem aparecer tanto em mulheres como homens, porém devido a compleição muscular feminina, ela acaba acontecendo mais em mulheres.

Quais São As Causas?

celulite

Além das pessoas com excesso de peso, pessoas magras também podem ter celulite, a questão é que pode aparecer menos nesses indivíduos.

Ela é uma alteração provocada pela acumulação de água, toxinas e gordura nas células, deixando-as mais cheias e duras, provocando os desníveis que vemos na pele exterior. A causa principal são as alterações que ocorrem no tecido gorduroso que fica embaixo da pele e também está relacionada a problemas menores na microcirculação bem como no tecido fibroso.

Apesar de não ser o fator principal, o excesso de peso é considerado um dos motivos para o surgimento da celulite, porém pessoas magras também podem ter, devido ao excesso de gordura e menor quantidade de massa muscular.

Assim, pessoas magras, mas que contenham mais gordura que músculos também desenvolvem as imperfeições ocasionando o problema. O excesso de gordura somado à ação dos hormônios e mudanças na microcirculação e nódulos linfáticos normalmente fazem a celulite se formar.

Pessoas que fumam, que passam por muito estresse, que não possuem alimentação equilibrada e são sedentárias, estão no topo do grupo de risco de desenvolver essa anormalidade no corpo. A falta de exercícios físicos e o excesso de exposição a agentes poluidores também contribui para a pele ficar cada vez mais rugosa.

Apesar de deixar uma aparência estranha à pele, ela não é considerada uma enfermidade grave, então é possível conviver com ela sem ter maiores deformações. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia, 8 em cada 10 mulheres apresentam celulites.

Ter a alimentação baseada em gorduras e produtos industrializados pode agravar a situação com o passar do tempo. É importante então adotar uma dieta saudável com muitos alimentos fibrosos para facilitar o processo de eliminação de toxinas do organismo, e também praticar exercícios físicos diariamente.

Tipos e Intensidade da Fibro Edema Gelóide

como eliminar celulite

Você sabia que o método que determina o tipo e intensidade foi criado por dermatologistas brasileiras e já é considerado um grande feito internacionalmente?

As doutoras Doris e Camile Hexsel e Taciana Dal Forno desenvolveram o método conhecido como “Cellulite Severity Scale”, ou em bom português “escala da severidade da celulite”.

Assim, avaliando aspectos como profundidade e quantidade de depressões, aparência das áreas onde a pele está elevada, existência de lesões elevadas, presença de flacidez e graus de uma classificação anterior, é possível classificá-la em 3 tipos principais:

  • De 1 a 5 pontos – Leve
  • De 6 a 10 pontos – Moderada
  • De 11 a 15 pontos – Grave

Onde cada item elencado acima é classificado em uma escala de 0 (zero) a 3 (três).

A partir dessa classificação é que os especialistas conseguem identificar e escolher o melhor tratamento para o caso em questão. Basicamente, o diagnóstico é feito pela própria paciente, observando as alterações em sua pele.

Porém, nos casos mais graves pode haver endurecimento do local causando dor e muita sensibilidade. Além disso, podem surgir regiões mais frias na pele e também aspecto irregular que vai além dos furinhos (elevações e depressões mais altas, ou mais profundas).

Os locais de maior ocorrência são as coxas, quadris e nádegas. Existem casos onde ela aparece nos braços, na parte baixa do abdômen e também nos seios.

Melhores Tratamentos

Para indicar o melhor tratamento para cada caso, é preciso consultar um dermatologista. Como cada tipo possui características específicas é importante não se automedicar, principalmente se for necessário tomar algum tipo de medicamento via oral.

Veja abaixo alguns dos tratamentos mais usados para combater o problema:

Drenagem Linfática

drenagem linfática

O tratamento costuma ser indicado para todos os tipos de celulite, porém é mais eficaz para casos leves. Consiste em uma massagem feita no corpo todo para estimulação da circulação e que elimina toxinas através das glândulas linfáticas.

Essa drenagem diminui o inchaço e ainda pode eliminar os nódulos de gordura menores, melhorando muito a aparência da pele.

Cirurgia A Laser

cirurgia a laser

Nesse procedimento a paciente é anestesiada na área onde o tratamento será aplicado. São feitas duas incisões (minúsculas), por onde são introduzidas cânulas com fibra ótica. O laser é aplicado derretendo a gordura e quebrando os septos que estiverem fibrosos.

Esse tratamento ajuda a produção de colágeno, mas deixa hematomas e não é indolor, além de ter todos os riscos de qualquer microcirurgia.

Radiofrequência

radiofrequência

Esse tratamento estimula a produção de colágeno e é considerado um dos mais efetivos. É um aparelho de radiação eletromagnética com frequência alta e que agita as moléculas de água, promovendo aumento do calor.

É um dos procedimentos mais duradouros, pois reestrutura os tecidos de forma mais abrangente e profunda. Todos os tipos de celulite podem ser tratados por radiofrequência, e os casos com flacidez tendem a ter melhores resultados.

Cremes Anticelulite

Como tratamento menos invasivo existe uma gama muito grande de cremes que amenizam o efeito casca de laranja. São produtos a base de retinoides, extrato de chá verde e outras composições que ajudam a aumentar a produção de colágeno que é o responsável pela sustentação e elasticidade da pele.

Como a microcirculação é favorecida com a massagem com o creme, o aspecto da pele melhora consideravelmente nos casos mais leves.  

Criolipólise

É atualmente um dos métodos mais procurados para o tratamento, devido sua eficácia na eliminação de gordura localizada. As células de gordura são congeladas pelo aparelho e se rompem sendo expelidas naturalmente pelo organismo. Mais indicado para o tratamento de gordura localizada, a criolipólise não é invasiva, assim é indolor e eficaz.

Medicamentos Via Oral

Existem muitos medicamentos que são indicados para a diminuição, porém a maioria deles foi desenvolvida para outros fins, sendo o tratamento da pele mais uma consequência do uso do que por finalidade. A maioria desses medicamentos é composta por antibióticos que não devem ser tomados por muito tempo, fazendo o tratamento se limitar a seu uso.

Gel Reduction – Tratamento Natural

Dentro da categoria de cremes para celulite, surgiu no mercado recentemente um composto natural, a base de antioxidantes chamado Gel Reduction.

O produto não contém contra-indicações e é muito eficiente no combate ao problema, pois age diretamente no metabolismo impedindo o acúmulo de gordura ao mesmo tempo que estimula a microcirculação e eliminação de toxinas.

Com uso contínuo do Gel Reduction, ele vai atuar também em outras frentes de saúde e beleza:

  • Previne o envelhecimento precoce por causa dos antioxidantes;
  • Deixa as unhas mais fortes e resistentes;
  • Diminui a flacidez e aumenta a firmeza da pele;
  • Previne a queda de cabelos e fortalece os fios;
  • Restaura a elasticidade da pele e reduz as estrias;
  • Promove a queima de gordura através do incentivo das enzimas;
  • Acelera o metabolismo eliminando toxinas;
  • Evita que novos depósitos de gordura se formem.

Como Esse Gel Age No Organismo?

A composição do Gel Reduction é toda de elementos naturais, tanto que o produto é certificado pela ANVISA, veja abaixo sua composição:

  • Silício Quelado: Suplemento mineral que melhora a saúde da pele, unhas e cabelo. 
  • Cranberry: Rico em antioxidantes, a fruta age diretamente na regeneração das células combatendo o envelhecimento precoce da pele e tecidos. 
  • Selenometionina: Essa é a forma mais segura de suplementação de selênio, com rápida absorção deixando o organismo equilibrado rapidamente. 
  • Bisglicinato De Zinco: Ligado a ação de quase 300 enzimas do nosso organismo, o zinco é muito importante para diversas funções do nosso metabolismo. 
  • Antioxidantes: Basicamente vitamina A que é importante para a prevenção de diversas doenças graves incluindo câncer e arterioesclerose. Mantém a saúde das mucosas, da pele e ainda age na recuperação dos epitélios. 
  • Bisglicinato De Manganês: O manganês é responsável pela ativação de várias enzimas importantes para nosso organismo e também possui relevante ação antioxidante.

Compartilhe!

Avaliação
Data do Review
Item Avaliado
Celulite
Nota
51star1star1star1star1star

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *