Início / Saúde / Hipertensão Arterial – Causas, Tipos e Tratamento →【TUDO AQUI】

Hipertensão Arterial – Causas, Tipos e Tratamento →【TUDO AQUI】

Hipertensão Arterial é uma doença silenciosa muito comum em pessoas adultas. Mais de 2 milhões de pessoas são diagnosticadas com pressão alta todos os anos no Brasil.

Como a pressão alta, também conhecida como hipertensão arterial, não apresenta sintomas específicos, pode levar a óbito em casos mais extremos.

O Que é a Hipertensão Arterial?

Hipertensão Arterial Sistêmica, ou HAS, é caracterizada por níveis constantemente altos da Pressão Arterial (PA). Tomando como valor de equilíbrio a pressão de 140/90 mmHg, popularmente conhecida como “14 por 9”).

Nos últimos 20 anos, a hipertensão arterial tem afetado cerca de 30% da população com mais de 50 anos, sendo que 50% estão na faixa dos 60 e 69 anos e 75% em indivíduos com mais de 70 anos.

Os homens são mais propensos a terem pressão alta, atingindo cerca 38% da população masculina e nas mulheres afeta cerca de 32%. Isso é influenciado por compleição física e também hábitos alimentares e sociais.

Quando o coração bate, bombeia sangue pelas artérias para alimentar o resto do corpo. É a força com que o sangue passa nas artérias que é a pressão arterial (no caso sistólica). A pressão que existe nas artérias quando o coração está em repouso (entre os batimentos) é chamada diastólica.

Os valores da pressão arterial é que determinam se existe hipertensão, ou até mesmo se a pessoa está dentro do grupo de risco de desenvolver a doença (que é crônica na maioria dos casos). Assim, a pressão considerada ótima é aquela que fica entre <120 (PS) e <80 (PD) onde:

  • PS = Pressão Sistólica (quando o coração bate)
  • PD = Pressão Diastólica (entre os batimentos).

Pressão normal oscila entre <130 (PS) e <85 (PD).
Pressão limítrofe entre 130-139 (PS) e 85-89 (PD).

Estágios da Hipertensão

=> PS entre 140-159 e PD entre 90-99 o indivíduo já é considerado com hipertensão em estágio 1;
=> PS entre 160-179 e PD entre 100-109 estágio 2;
=> PS de 180 e PD 110 estágio 3;
=> PS de 140 e PD 90 é considerado hipertensão sistólica isolada.

Tipos de Hipertensão Arterial e Fatores de Risco

o-que-é-hipertensão-arterial

Existem 3 tipos principais de hipertensão arterial que são reconhecidos pelos níveis da pressão.

Com essas condições, se o indivíduo tiver condições que agravam o quadro é possível diagnosticar qual a possibilidade de risco da morte cardiovascular.

Assim temos os 3 tipos de hipertensão como segue:

  • Estágio 1: hipertensão acima de 140 por 90 e abaixo de 160 por 100
  • Estágio 2: hipertensão acima de 160 por 100 e abaixo de 180 por 110
  • Estágio 3: hipertensão acima de 180 por 110.

A hipertensão não é um problema aleatório, já que um dos grandes fatores que influenciam no desenvolvimento dela é a hereditariedade. Assim, pessoas que tiveram histórico de hipertensão em antepassados estão dentro do grupo de risco da doença, mas se você tiver hábitos saudáveis tem grandes chances de ficar fora do grupo de risco, bastando fazer mudanças em seu estilo de vida.

Causas da Hipertensão Arterial

Além dos casos de hereditariedade, problemas na tireoide ou nas glândulas endócrinas (suprarenal) também podem fazer com que haja hipertensão. Além desses dois possíveis motivos, algumas condições do dia a dia podem ajudar a pessoa a ter pressão considerada alta, e se manter nesse limite.

Os principais fatores agravantes da pressão arterial alta são:

Obesidade

hipertensão-arterial-ministerio-da-saude

Pessoas com excesso de peso têm tendência a desenvolver pressão alta devido ao mal funcionamento do metabolismo na hora de processar os alimentos.

Alcoolismo

Indivíduos que consomem bebidas alcoólicas em excesso estão propensos a desenvolver hipertensão.

Gênero, Idade e Etnia

Homens com mais de 50 anos e não caucasianos têm maiores possibilidades de terem hipertensão.

Hábitos Alimentares

O consumo excessivo de sal é um fator que ajuda a aumentar os níveis de pressão arterial, devido ao sódio presente no alimento. Comer muita gordura também agrava o quadro de hipertensos.

Sedentarismo

A prática de exercícios é sempre aconselhada nos tratamentos de hipertensão. Não é necessário correr uma maratona por dia, mas fazer caminhadas é um excelente exercício que todos devem praticar.

Fumo

Pessoas que são fumantes também entram para o grupo de risco para desenvolvimento de pressão arterial alta.

Diabéticos

Normalmente os diabéticos também são hipertensos, isso porque com a baixa produção de insulina, elementos relacionados ao processamento da glicose acabam influenciando a pressão nas artérias.

Distúrbios Emocionais

Pessoas que passam muito estresse ou que possuam síndrome do pânico e ansiedade e em excesso tendem a desenvolver hipertensão mais facilmente do que indivíduos mais calmos.

Principais Sintomas da Hipertensão

hipertensão-arterial-sintomas

Como falamos acima, a hipertensão é uma doença silenciosa e não possui sintomas específicos dela.

Porém, na maioria dos casos os pacientes apresentam dores de cabeça, tonturas, zumbidos nos ouvidos, dores no peito e visão turva. Por causa da falta de sintomas é que é indicado que todas as pessoas adultas façam a medição da pressão, pelo menos uma vez ao ano.

Essa é a única forma de diagnosticar o problema, e se os exames apontarem uma tendência a hipertensão é possível tomar uma série de medidas para sair do grupo de risco e não desenvolver a doença.

A medição é feita em consultório ou posto de saúde por profissional capacitado e o resultado é imediato.

Alguns pacientes com histórico de hereditariedade e apresentando alguns dos sintomas, podem precisar monitorar a pressão durante 24 horas com aparelhos específicos que são colocados e posteriormente são avaliados os resultados para que o médico consiga dar um diagnóstico mais acertado.

Desenvolvimento da Hipertensão Arterial

hipertensão-arterial-sistêmica

Pessoas que possuem um quadro avançado de hipertensão podem desenvolver outras doenças mais graves.

As principais complicações são o AVC (Acidente Vascular Cardíaco) que podem ocorrer por conta de um infarto do miocárdio ou ainda por problemas crônicos nos rins. Outra enfermidade que pode ocorrer em hipertensos é a arritmia cardíaca causada por uma atrofia da musculatura do coração.

É muito importante deixar claro que qualquer que seja a combinação dos fatores de risco o quadro sempre será de gravidade já que os órgãos envolvidos são vitais.

Por isso é sempre importante conhecer os níveis da pressão arterial, para ter tempo de fazer uma prevenção, ou controle antes que seja tarde demais, já que o problema não tem cura definitiva.

Tratamentos Para Hipertensão Arterial

Uma vez hipertensa, dificilmente uma pessoa deixará esse quadro completamente de lado, mas poderá controlar a pressão arterial afim de melhorar a qualidade de vida. Esse é o tipo de tratamento preventivo que evitará que a pressão chegue a níveis que possam causar outros tipos de doenças.

Existem muitos medicamentos químicos para o controle da hipertensão, que agem na verdade em outros elementos que são responsáveis pelo aumento da pressão.

Quando falamos de remédios para pressão alta, é importante salientar que somente um médico pode prescrever o medicamento correto para cada caso, já que cada indivíduo tem um tipo de metabolismo.

Assim, tomar remédio que foi receitado para outra pessoa pode não ser efetivo e ainda agravar o problema seriamente. O principal tratamento para pressão inclui uma mudança drástica no estilo de vida, inclusive nos hábitos alimentares e sociais.

Assim que for diagnosticado com hipertensão é preciso tomar as seguintes medidas:

Diminuição do Peso

Mesmo pacientes que não são obesos propriamente ditos, precisarão diminuir o peso para colaborar com a diminuição dos níveis de pressão arterial. A melhor forma para o emagrecimento, nestes casos, é a reeducação alimentar.

Praticar Exercícios

hipertensão-arterial-tratamento

Pessoas sedentárias tendem a ter a pressão mais elevada do que aquelas que fazem algum tipo de exercício físico. Sempre respeitando sua condição física, é importante encontrar atividades físicas para fazer diariamente. Uma boa forma de começar é através da caminhada diária de 30 a 40min. É a atividade física mais barata que existe, pois você só precisa de uma roupa e um tênis confortável para começar a fazê-la e não tem nenhuma contra indicação.

Parar de Fumar

Se o paciente for fumante é imprescindível que abandone o cigarro, sob risco de agravar ainda mais o problema da pressão alta.

Bebidas Alcoólicas

O ideal é que o hipertenso não consuma esse tipo de bebida. Se for fazer isso que seja moderadamente e em ocasiões muito esporádicas.

Hábitos Alimentares

Como falamos acima, é importante fazer uma reeducação alimentar para quem deseja perder peso por causa da hipertensão arterial. Diminuir o consumo de sal de cozinha e também de gorduras ruins como as gorduras trans presentes nos óleos de soja, granola e de girassol deve ser a principal preocupação dos hipertensos. Uma boa forma de substituir estes óleos é trocá-los pelo azeite de olive e também pelo óleo de coco que são excelentes para a nossa saúde.

Controle de Enfermidades

Pacientes hipertensos que possuam outras doenças crônicas (como diabetes) precisam controlar os níveis de glicose e outros derivados no sangue, pois esses estando descontrolados também podem afetar os níveis de pressão arterial.

Controlar o Stress

Sabemos que, nos dias de hoje, é muito difícil manter a calma completamente devido aos problemas econômicos e sociais que o país está atravessando. Porém quando se trata de saúde e principalmente de hipertensão é importante manter o stress bem longe, pois ele é um dos maiores causadores do aumento de pressão sanguínea.

o-que-pode-causar-pressão-alta

Fazer Medições Periódicas

Mesmo com a mudança do estilo de vida, é importante sempre fazer medição da pressão arterial. Marque consultas com seu médico ou vá ao posto de saúde mais próximo para fazer esse controle. Alguns pacientes adquirem o aparelho de pressão e aprendem como aferir para não correr risco de elevação súbita.

Conhecer Seus Ancestrais

Existe histórico de pressão alta na família (pais, avós, tios, etc)? Essa é uma ótima pesquisa para quem teve alguns picos de pressão e precisa saber se está no grupo de risco. Faça essa pesquisa entre seus familiares para ter certeza.

Eliminar a Gordura Abdominal

A obesidade é um fator agravante da hipertensão, porém a gordura localizada no abdômen pode ser ainda mais perigosa, pois representa um risco para resistência à insulina (desenvolvendo diabetes melitus). Na tentativa de manter os níveis de glicose normais existe uma super produção de insulina nessas pessoas, o que faz com que a pressão se eleve facilmente.

Melhorar a Qualidade do Sono

Durante o período que estamos dormindo, nosso organismo se recupera de doenças e do cansaço do dia. Indivíduos com problemas para dormir como apneia, possuem uma tendência maior para ter hipertensão, é importante tratar esses tipos de distúrbios para dormir melhor e manter o metabolismo em ordem.

Jamais Se Automedicar

É muito comum em pacientes com histórico familiar de hipertensão, não ir ao médico e começar a tomar o mesmo remédio do pai ou do avô, por exemplo. Isso é um erro, pois cada hipertenso tem um quadro diferente. Além disso outros tipos de medicamentos como antidepressivos, corticoides, anticoncepcionais orais, dilatadores nasais, entre outros, também causam aumento da pressão arterial.

Portanto, SEMPRE consulte um médico antes de começar a tomar qualquer tipo de medicamento.

Alimentos Para Hipertensos

hipertensão-arterial-artigos

Da mesma maneira que podemos prevenir e contornar alguns elementos da nossa vida como um todo, é possível incluir alimentos funcionais que ajudam a melhorar a hipertensão.

Sendo assim, os hipertensos podem contar com produtos que fortalecerão os elementos que impedem o aumento da pressão, ao mesmo tempo que garantem um funcionamento melhor do metabolismo.

Veja abaixo alimentos que ajudam a controlar a pressão naturalmente e que ainda são muito saborosos.

Alimentos Ricos Em Magnésio

O magnésio atua no organismo como um vasodilatador natural, diminuindo a pressão sanguínea. Consumir alimentos ricos nesse mineral ajudará a manter a pressão em níveis mais baixos. São fontes naturais de magnésio: nozes, amêndoas, escarola, couve, mandioca, beterraba, aveia, arroz integral e cevada, entre outros alimentos.

Além disso, existem suplementos de magnésio que podem ser consumidos para suprir a nossa necessidade diária desse poderoso mineral.

Alho

Alta fonte de vitamina C, o alho tem ação antioxidante que causa a diminuição dos radicais livres que atacam as células e promovem doenças cardíacas e também apressam o envelhecimento dos tecidos. Além disso, ele também é uma fonte de magnésio agindo como um vasodilatador natural.

Alimentos Ricos Em Potássio

Se o magnésio é um vasodilatador, o potássio age na eliminação do sódio no nosso organismo, o que faz com que haja uma diminuição nos líquidos presos que levam ao aumento da pressão. Para consumir potássio naturalmente, basta incluir com mais frequência o feijão preto, inhame, abóbora, cenoura, espinafre, laranja, banana e maracujá  na sua rotina alimentar.

Frutas e Vegetais

Incluir frutas e vegetais in natura (crus) na alimentação, fará com que o organismo receba uma quantidade maior de fibras que são responsáveis pela eliminação de toxinas do organismo através das fezes. Com as artérias livres de gordura e sujeiras, a pressão arterial tenderá a se normalizar em médio e longo prazo do consumo desses alimentos.

Como qualquer outro tipo de doença crônica, a hipertensão pode ser evitada se houver um controle da medição, e também a mudança nos hábitos alimentares juntamente com a prática de exercícios, para ter mais qualidade de vida.

Remedios Naturais Para Pressão Alta

Infelizmente a indústria farmacêutica jamais irá lhe dar um remédio para resolver o problema da hipertensão de uma vez por todas, pois se fizerem isso, eles irão parar de vender e os lucros irão reduzir também.

Face a isso, começamos a pesquisar se já existia algum método para reverter a hipertensão arterial de forma natural, para reduzir o consumo de remédios e, até mesmo, eliminar de vez o consumo deles. Isso, é claro, você só deve fazer com um acompanhamento médico adequado.

Para aprender mais sobre o assunto, recomendamos o Programa Controlando a Hipertensão que vai te mostrar esse novo caminho para controlar a hipertensão que tem deixado a indústria de venda de remédios desesperada.

Acesse este site e veja como começar agora mesmo a reverter sua pressão arterial alta dentro de 2 semanas, com o poderoso Programa Controlando a Hipertensão, que é um método 100% natural, onde você aprenderá a controlar a hipertensão sem o uso de medicamentos e que não há contra-indicações.

A indústria farmacêutica está louca para tirar este programa controlando a hipertensão do ar, pois devido milhares de pessoas estarem controlando a hipertensão de forma natural, a venda de remédios tem diminuído a cada dia, reduzindo o lucro deste mercado bilionário da indústria farmacêutica, que só lhe quer ver doente para cada vez mais ficar te vendendo remédios para o resto da vida.

Referências:

  • http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/2767757
  • http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25194158
  • http://www.scielo.br/pdf/abc/v80n3/a05v80n3.pdf
  • https://www.uab.edu/news/innovation/item/6102-blood-pressure-medications-can-lead-to-increased-risk-of-stroke-study-finds
  • http://thelancet.com/journals/lanonc/article/PIIS1470-2045(10)70106-6/abstract
  • https://www.nhlbi.nih.gov/news/press-releases/1997/calcium-channel-blockers-and-breast-cancer-risk
  • http://www.cdc.gov/bloodpressure/facts.htm
  • http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17287847
  • http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18250365
  • https://nutritionj.biomedcentral.com/articles/10.1186/1475-2891-11-106
Avaliação
Data do Review
Item Avaliado
Hipertensão Arterial
Nota
51star1star1star1star1star

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*