Início / Beleza / Queda de Cabelo – Principais Causas e Tratamentos →【Guia Completo】

Queda de Cabelo – Principais Causas e Tratamentos →【Guia Completo】

o que causa queda de cabelo

A maioria das pessoas, principalmente os homens, tem algo que temem por toda a vida, que é a queda de cabelo. O que causa queda de cabelo é um processo pelo qual nosso corpo passa em determinados períodos da nossa vida. Isso acontece por que os cabelos têm ciclos e esses ciclos podem ser separados em três etapas básicas: a etapa anágena, a etapa catágena e a etapa telógena.

Nessa primeira fase ocorre o crescimento do fio de cabelo e ela pode durar de 2 a 6 anos. A segunda fase dura entre 1 e 2 semanas e corresponde à maturidade do fio. Já a terceira fase é a fase em que ocorre a queda para a eliminação dos fios mortos e pode durar de 5 a 6 semanas.

Depois disso, o natural é que os fios que caíram voltem a nascer iniciando, assim, um novo ciclo no processo de crescimento dos cabelos.

Então, é comum que essa queda aconteça, contanto que não ultrapasse 15% do total dos fios, ou seja, embora essa troca faça os fios caírem de maneira mais intensa o total de queda não pode ser maior que 15% de todo o cabelo.

Se você também realiza muitos tratamentos químicos nos cabelos, se faz uso frequente de chapinha e secador de cabelo, se faz muitas dietas restritivas, se tem parentes com o cabelo ralo, entre outras questões. Tudo isso pode ser o que causa queda de cabelo em você e ele pode estar pedindo socorro.

O Que Causa Queda de Cabelo

Deve-se sempre ficar muito atento à queda dos fios para que se possa, o quanto antes, identificar e tratar o problema.

Um sintoma que não é comum, por exemplo, é o aparecimento de falhas no couro cabeludo, ou seja, áreas da cabeça que possuem uma quantidade bem menor de cabelo que as demais, ou também que não possuem cabelo.

Isso pode representar algum tipo de doença de couro cabeludo e que deve ser tratado adequadamente o quanto antes para evitar que evolua e fique irreversível. Para isso, é preciso procurar um médico e realizar exames específicos para a avaliação da intensidade de queda bem como a capacidade de reposição dos fios.

O importante é avaliar se 100% dos fios que estão caindo voltam a nascer. Através de exames simples se pode verificar a saúde do couro cabeludo e até mesmo diagnosticar doenças como a calvície.

o que causa queda de cabelo

Teste de Queda de Cabelo Para Fazer em Casa

Para que você possa identificar se a quantidade de perda de fios merece uma atenção especial basta realizar um teste simples.

É comum que ao passar a mão nos cabelos alguns fios caiam. O que se deve observar nesses casos é a quantidade. Segure uma mecha de cabelo e puxe os fios da raiz até as pontas. Se a quantidade de fios que ficarem na sua mão for maior que 15 é provável que seja necessário um tratamento.

Primeiramente é preciso dizer que nem toda a queda capilar é igual ou causada pelos mesmos motivos. Em certos casos ela pode ser hereditária, em outros ela pode ser desencadeada por fatores psicológicos ou estresse e pode ainda ser consequência de alguma doença.

A queda de cabelo difusa e a queda de cabelo hereditária são as formas mais comuns em que o problema se apresenta. Outra forma, não muito comum, é a queda em forma circular, que gera áreas de calvície bem delimitadas. Para essa última ainda não se sabe exatamente o que causa mas a indicação é que se trate de uma doença auto imune.

Ao contrário do que muita gente pensa, a perda de cabelo não é um problema exclusivo dos homens e cerca de 40% das mulheres também passam, alguma vez na vida, por algum tipo de queda de cabelo anormal que exige certo tipo de tratamento.

Tipos de Queda de Cabelo

Agora saiba um pouco mais sobre os tipos de queda de cabelo e entenda melhor o que causa cada um deles.

Queda de Cabelo Hereditária

Essa também é outra forma de perda de cabelo que é, geralmente, atribuída aos homens. Porém, isso é um engano e ela, não só pode como ocorre entre as mulheres afetando até 19% da população.

O que talvez cause esse pensamento é que entre homens e mulheres a queda de cabelo hereditária é diferente.

Enquanto a maioria dos homens começa a perder os fios ainda jovem, nas mulheres o início da queda só começa após a menopausa. Outra diferença entre a calvície do homem e da mulher está no padrão de queda dos fios.

Enquanto o cabelo dos homens cai principalmente na testa e no vertex, a das mulheres é difusa,  caindo igualmente por toda a cabeça, deixando o cabelo mais ralo e menos encorpado, sem um ponto principal de queda.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar mostrou dados que afirmam que, em média, 25% das mulheres brasileiras com idades ente 35 e 40 anos apresentam ou irão apresentar, algum grau de calvície. Conforme falamos acima, nas mulheres o cabelo vai ficando ralo na parte de cima da cabeça, mas de forma homogênea e, em alguns casos, é possível ver até o couro cabeludo.

Queda de Cabelo Difusa

Essa é uma das formas mais comuns de perda de cabelo entre as mulheres e afeta o couro cabeludo. Esse tipo de queda acontece quando a raiz do cabelo não exerce mais a sua função natural pelo fato de estar com falta de elementos que são fundamentais para o seu processo metabólico, e acaba assim, diminuindo o seu ciclo crescimento.

A boa notícia é que esse tipo de queda pode ser facilmente tratado e, geralmente, com ótimos resultados.

Para isso, é preciso ativar o metabolismo capilar para estimular a formação de novas células na raiz do cabelo para que os fios voltem à fase de crescimento.

É importante identificar também o que deu início ao processo de queda e, se possível, trata-lo também.

o que causa queda de cabelo

Os dermatologistas afirmam que as mulheres, por exemplo, que acabaram de ter filhos podem sofrer com uma queda mais intensa dos fios de cabelo. Geralmente, o problema aparece uns 60 dias após o parto e pode durar até seis meses causando uma perda média de até 30% do total de fios.

Mas isso não é motivo para preocupação pois é um processo comum e pode ser percebido ainda mais intensamente durante o banho pois a queda tende a ser maior quando os fios são lavados ou escovados.

Causas Da Queda de Cabelo Difusa

A calvície difusa pode ser causada por diversos fatores e pode ter mais de uma causa aparente. Esse tipo de queda costuma ocorrer quando não se tem uma dieta equilibrada, por estresse, por variações hormonais e até mesmo em decorrência de alguma doença.

Também podem ser considerados como causadores o envelhecimento e o uso de certos medicamentos.

Independentemente da causa, o motivo desse tipo de queda de cabelo é a falta de atividade na raiz do cabelo causado por algum tipo de perturbação. Veja agora alguns motivos que podem levar ao início do processo de queda capilar.

  • Má-Alimentação

Hábitos alimentares não balanceados ou uma dieta pobre em nutrientes acabam debilitando o organismo e isso pode se refletir na saúde do seu couro cabeludo provocando a queda dos fios.

  • Estresse

O estresse ou cansaço mental também podem afetar diretamente a saúde do seu couro cabeludo e isso, atualmente, é muito comum. A boa noticia é que mesmo que não se possa terminar com o estresse é possível tratar a queda dos fios decorrente dele.

  • Uso de Medicamentos e Doenças

É grande o número de doenças que podem afetar o crescimento dos cabelos mas entre as mais conhecidas e comuns estão a diabetes, o reumatismo, a doença de Crohn além de infecções.

Quando os motivos são esses, a queda, geralmente, ocorre com a demora de algumas semanas, ou seja, o resfriado com febre já passou e um certo tempo depois é que a queda aparece. Isso muitas vezes faz com que não seja fácil associar a queda ao motivo.

A combinação de febre alta, gripe e infecção também podem levar ao desencadeamento do processo de queda de cabelo e pode durar até 3 meses, mesmo depois de já estar totalmente curado.

Isso acontece por que o organismo foca todos os seus esforços no combate aos males que estão afetando o corpo e acaba deixando o cabelo em último plano.

  • Doenças Autoimune

A alopecia areata faz com que o cabelo caia abruptamente causando uma falha em formato circular do tamanho equivalente a uma moeda de um real. Isso acontece por que o próprio corpo desenvolve anticorpos que agem contra o bulbo capilar fazendo com que ele deixe de produzir os fios. Isso geralmente acontece em pessoas entre 15 e 29 anos.

  • Hormônios

As flutuações hormonais são, sem dúvida, um dos principais motivos da perda de cabelo. Essas flutuações pode ser decorrência da menopausa, de quando se interrompe o uso da pílula anticoncepcional ou mesmo decorrente da amamentação.

O próprio nascimento de uma criança causa, no corpo feminino, uma mudança enorme e isso acontece graças aos hormônios. 

o que causa queda de cabelo

Essas variações podem ser pelos mais variados motivos mas é a alteração brusca dos níveis hormonais que pode causar a queda de cabelo.

  • Cabelos Presos

Além disso, é preciso estar atento ao uso indiscriminado de acessórios nos cabelos. Rabos de cavalo, tranças coladas ao couro cabeludo e muito apertadas e até mesmo os dreads podem causar um trauma na fibra capilar, enfraquecendo o fio.

  • Tratamentos Químicos

Tratamentos como alisamentos e clareamento devem respeitar sempre os intervalos de retoque para não danificarem e prejudicarem os fios causando a queda. Fazendo isso, o único provável prejuízo é o ressecamento do cabelo.

Por isso é importante realizar o teste da mecha em uma mecha próxima à nuca para ver a reação do cabelo ao tratamento que será realizado.

  • Secador de Cabelo e Chapinha

O maior problema do secador, na verdade, está relacionado à escovação realizada durante o processo de secagem que traciona o fio de cabelo na raiz. As áreas mais prejudicadas são a parte de trás da cabeça e o contorno do rosto.

O calor ainda pode gerar a queima do couro cabeludo estimulando a sua oleosidade, causando lesões e, consequentemente, a queda de cabelo bem como o aparecimento de caspa.

Para evitar isso é importante utilizar um protetor térmico nos fios antes de aplicar o calor e dar uma maneirada nos puxões durante o processo de secagem. Além disso, o secador não deve ficar a menos de um palmo de distância da cabeça.

Existem ainda alguns outros fatores que podem desencadear a queda de cabelo e que, muitas vezes, não são levados em consideração como importantes para o processo. Veja agora quais são esses fatores:

  • Dietas Com Deficiência de Carnes Vermelhas

Com a falta da carne vermelha na sua alimentação a probabilidade de haver uma queda na ingestão de ferro é muito grande e isso compromete a oxigenação do bulbo capilar. Isso faz com que os fios percam a força e nasçam mais fraquinhos.

  • Açúcar, Cafeína, Gordura e Álcool em Excesso

Esses ingredientes aceleram o envelhecimento dos fios deixando-os quebradiços graças ao aumento das chances de ter caspa e, consequentemente, uma maior produção de radicais livres.

  • Dieta Hipocalórica

As dietas hipocalóricas são aquelas nas quais ocorre um corte drástico no número de calorias ingeridas diariamente. Isso acontece por que os fios de cabelo são muito sensíveis e até mesmo a redução de 100 calorias, o equivalente a um suco natural sem açúcar ou a uma barrinha de cereais pode acabar acentuando a perda.

Por fim, o que causa queda de cabelo podem ser vários motivos e eles podem ser dos mais variados tipos, não existindo somente uma razão para que isso aconteça.

Por isso, é importante estar atento aos sinais e, no momento de diagnosticar o problema, tentar lembrar inclusive de casos passados como gripes e infecções que já ocorreram a mais tempo pois a reação do corpo não é imediata e a queda pode ocorrer ainda muito tempo depois.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário aqui abaixo com suas dúvidas e sugestões. Somente assim é que conseguiremos trazer mais conteúdo de qualidade para você.

Implante Capilar

Devido a dificuldade de alguns tratamentos, muitas pessoas acabam recorrendo ao implante capilar, também conhecido como micro transplante capilar. Embora esta seja a opção mais efetiva e rápida, não é a mais barata e vamos detalhar isto a partir de agora.

Basicamente, o implante de cabelo é uma cirurgia plástica que muda a posição os fios capilares de um lugar a outro na cabeça do paciente. O que acontece nesse procedimento é a realocação de folículos capilares independentes a áreas em que falta cabelo.

Como a área da frente da cabeça tem fios que funcionam como receptores da testosterona, eles se diferem em sua formação dos fios de outras regiões. Portanto, basta retirar os folículos laterais e posteriores e implantá-los na frente da cabeça para que a cirurgia dê certo.

Como eles mantêm as características de formação, não vão sofrer a ação hormonal, não serão rejeitados e, por isso, não vão cair. Devido a isto, esta alternativa é tão escolhida pelos calvos.

O Que é o Implante Capilar

O implante capilar é uma técnica de realocação de fios capilares, sem predisposição para calvície, para a região da cabeça que está calva. Este tipo de procedimento é a única solução definitiva para quem sofre de calvície hereditária.

implante de cabelo

Antes o implante capilar era um procedimento muito artificial e que nem sempre agradava ao paciente. A cirurgia era efetuada a partir da retirada de mechas concentradas de cabelo de partes mais cabeludas e colocadas em outras partes mais carecas da cabeça.

Como estes tufos de cabelo eram implantados com certa distância uns dos outros, o efeito era de um cabelo bem espaçado e artificial, resultando no chamado “cabelo de boneca”. Porém, com o avanço das tecnologias nessa área, tudo foi modificado.

Hoje o transplante, implante ou micro implante retira apenas uma faixa do couro cabeludo, analisa e separa os folículos e depois os coloca um a um na parte da frente da cabeça.

A calvície não é uma simples queda de cabelo, mas sim um problema que deve ser tratado e solucionado. Este problema acontece quando os fios começam a diminuir, perder a força e se tornam bem pequenos e quase imperceptíveis.

Diferente do que acontece quando você perde cabelos por causa do stress, químicas ou qualquer outro fator externo, que caracterize no caimento dos fios capilares. A testosterona e a di-hidrotestosterona (DHT) são os principais agentes que vão desencadear a calvície em uma pessoa que já pré-disposta a esse mal geneticamente.

O que ocorre é que se o cabelo não está bem distribuído no couro cabeludo e os receptores hormonais se encontram desordenados, facilita para que o DHT desencadeie a perda de cabelo. Por isso que o transplante capilar vai trabalhar com a reorganização dos fios.

Ele retira os folículos de um lugar e os transporta para o local onde ocorreu a miniaturização do cabelo, porque lá eles não sofreram nenhuma interferência hormonal ou passaram por um processo de diminuição.

Como é Feito o Implante Capilar?

Os implantes de cabelo atuais são bem tecnológicos e avançados. A técnica é feita a partir da retirada de uma camada do couro cabeludo e recolocada na parte onde tem falhas. A quantidade de fios retirados vai depender, principalmente, do tamanho da cabeça do paciente e da elasticidade do couro cabeludo.

implante de cabelo

Geralmente, os números de faixas retiradas vão de 1,5 a 2 cm de largura. Ao terminar o implante, os cabelos caem. Porém suas raízes ficam. Desta forma, o cabelo vai crescer normalmente nos próximos meses.

Portanto, não é correto dizer que esta é uma técnica com resultados imediatos, pois os folículos transplantados irão cair e, só depois que os novos nascerem é que se manterão firmes e com tendência de não mais cair.

Técnicas de Implante de Cabelo

Existem basicamente duas técnicas de implantar cabelo. A FUT, que transporta unidades foliculares e a FUE, que extrai unidades foliculares. A primeira é o modo mais convencional, feito através de cortes no couro cabeludo. Já a segunda é a mais moderna, que não deixa cicatriz. O que as diferencia é como os folículos são retirados.

implante de cabelo

Para realizar a cirurgia FUT, retira-se uma faixa de cabelo da nuca e a divide em fatias bem finas (slivers), com a ajuda de microscópios ultra tecnológicos. Depois estes pedaços pequeninos de cabelo são transformados em unidades foliculares para serem implantados.

Já na FUE, a unidade folicular é diretamente removida do couro cabeludo. Após a extração, ela é levada ao microscópio para ser separada. Portanto a diferença está apenas no modo de conseguir a unidade folicular. No segundo caso, a extração é bem mais rápida. Depois de todo esse processo, os folículos são implantados no couro cabeludo da região calva através de minúsculas incisões.

A quantidade de cirurgias necessárias vai depender da densidade capilar que o paciente contem em cada centímetro do seu couro cabeludo. Quanto mais cabelo por cm² menos cirurgias serão necessárias para cobrir a calvície e menos cabelo será retirado da área doadora. 

Em um procedimento FUE, a calvície de nível 6, por exemplo, vai precisar de, no mínimo, 2 cirurgias. Para realizar este tipo de cirurgia são recomendados, preferencialmente, médicos cirurgiões plásticos, pois eles são os profissionais que possuem conhecimento e habilitação para fazer este tipo de procedimento.

Os riscos são os mesmos de uma cirurgia em outra parte do corpo pois você precisa fazer vários exames para comprovar que está em boa saúde e recebe anestesia para não sentir dor.

Além disso, são feitas algumas medidas de precaução antes e depois da operação para que tudo dê certo.

  • Procedimento Pré-Operatório: Conforme falei, são pedidos exames básicos, requisitados em qualquer outro tipo de cirurgia. Se o procedimento for o FUT, não será necessário nenhum preparo fora do comum. Porém, se for a técnica FUE, será necessário raspar todos os cabelos da região de onde os folículos serão retirados.
  • Procedimento Pós-Operatório: Depois que o paciente passa pela cirurgia, um spray fixador é aplicado em seus cabelos. Como não é preciso que nada seja colocado sobre a região onde os fios serão fixados, nenhum curativo pode ser feito na parte em que foi feito o corte.

No dia seguinte, o paciente tem que voltar a clínica para lavar o cabelo. Ele sofre algumas restrições durante 15 dias, como: evitar piscinas, sol, atividades físicas e ter muita cautela ao lavar os fios.

Depois desse prazo, os fios transplantados caem e ele está totalmente liberado.

Se os trabalhos executados, seguindo as técnicas atuais, forem bem feitos o trabalho terá resultados bem positivos. As unidades foliculares precisam ser implantadas com fios de 1 a 4 bem próximos um dos outros, para que o efeito seja satisfatório e natural.

Desta forma, será mantido o formato natural do cabelo do paciente, mantendo as “entradas” comuns aos homens e deixando os cabelos na direção mais propícia para o indivíduo.

Uma cirurgia de transplante capilar costuma durar cerca de 6 a 8hs e não oferece nenhum tipo de dor ao paciente. Geralmente, o implante é feito com sedação e anestesia local, portanto o paciente não sente nada. Pode ser recomendada a ingestão de analgésicos como dipirona e paracetamol até 2 dias depois da cirurgia.

implante de cabelo

A técnica FUE é ótima por não deixar cicatrizes visíveis. Como fazem apenas pequenas incisões, é deixado apenas micro marcas de pontinhas no couro cabeludo que são imperceptíveis. Portanto, pessoas que usam o cabelo bem curtinho podem se beneficiar muito desta técnica, porque não terá cicatrizes profundas a mostra.

Porém o processo é bem trabalhoso. É preciso que o paciente raspe a cabeça se o fio estiver comprido, pois as ferramentas não poderão incidir corretamente sobre o couro cabeludo com fios tampando. Como o equipamento é muito pequeno, cerca de milímetros, qualquer fio comprido atrapalhará a cirurgia.

Estas técnicas são completamente definitivas, portanto os resultados são certos. Geralmente, o cabelo transplantado não cai mais, a não ser por fatores externos ou por doenças, como câncer, doenças no couro cabeludo ou quimioterapia. Em casos como estes, não só o cabelo transplantado vai cair, como também todos os fios das outras regiões.

Uma técnica FUE bem feita é capaz de até de confundir um bom cabeleireiro, que chega ficar com dúvida sobre a procedência do cabelo: se é natural ou implante. Como não há marca de cicatrizes, não tem como saber se foi feita alguma cirurgia capilar.

Ambas as técnicas de implantação de cabelo podem ser mescladas a fim de melhores resultados. Uma vez que uma completa a outra, sem causar maiores danos à saúde do paciente. Isso acontece, porque uma técnica pode funcionar melhor em uma área e a outra técnica vai ter resultado mais positivo em outro local. 

O resultado começa a ser notado depois de 3 a 4 meses, quando os fios começam a crescer. Porém o resultado final e completo é notado ao fim de 1 ano após a cirurgia.

Quando Recorrer ao Procedimento de Implante Capilar?

Não há uma idade ou tempo específico definido para recorrer ao procedimento. Os pacientes calvos, geralmente, procuram o implante de cabelo quando já estão sofrendo grandes perdas de cabelo, geralmente a partir dos 40 anos, mas isto depende, pois existem muitos casos de homens que ficaram completamente calvos aos 30 anos.

O que se pode afirmar é que quanto mais cedo o processo for iniciado, menos danos serão sofridos.

implante de cabelo

As pessoas que percebem a calvície no início e recorrem ao transplante de cabelo, não chegam a vivenciar “como é ser careca”. Mas cuidado! Pessoas com menos de 20 anos não podem ser submetidos ao tratamento, sem antes consultarem com dermatologistas ou comprovarem que trata-se de um problema bem avançado.

Se você sofre deste problema e não gosta da sua imagem toda vez que se olha no espelho, pode ser interessante consultar seu dermatologista para avaliar seu caso para uma possível cirurgia.

Mas prepare o bolso, pois este tipo de procedimento geralmente ultrapassa fácil os 5 mil reais e varia caso a caso, mas não se preocupe, pois no final deste artigo vou lhe passar uma excelente alternativa para que você não precise fazer um implante de cabelo tão cedo.

O implante de cabelo pode ser feito em qualquer pessoa que sofra de queda de cabelo hereditária e que queira que os cabelos voltem para a região calva. Só é preciso, antes de tudo, consultar um especialista que informe como está a situação, se já é um processo avançado ou se está no começo e fazer todos os exames necessários antes do procedimento.

Isto é importante, pois os profissionais gostam fazer a cirurgia em pacientes com a calvície estabilizada.

Quanto Custa o Implante Capilar?

O custo é um fator bem relevante quando o assunto é transplante capilar. As cirurgias vão variar de acordo com diversos fatores como o estágio da calvície, tipo de clínica ou médico, dentre outras diferenças. O preço geralmente varia de R$5mil a R$15 mil.

Mas antes de escolher como, onde e quando fazer a cirurgia, fique atento a essas dicas:

  1. Os planos de saúde costumam cobrir cirurgias plásticas reparadoras. Portanto se sua calvície for fruto de algum trauma, acidente ou doença, pode ser que você consiga cobertura do plano para realizar o procedimento. Mas tudo será julgado pelo seu convênio médico, se ele considerar a sua cirurgia um procedimento estético, pode dar adeus à cobertura.
  2. Uma cirurgia estética não é sinal de vaidade extrema ou futilidade. A autoestima da pessoa é essencial para o seu desenvolvimento psicológico. Sentir-se mais belo e melhor, pode melhorar vários aspectos da vida.
  3. Muitos tratamentos oferecidos contra a calvície são temporários e muitos dele bem caros. Dependendo do caso, pode ser mais vantajoso gastar bem mais numa correção definitiva do que em procedimentos não duráveis.
  4. Antes da cirurgia, pergunte tudo ao seu médico. Esclareça todas as duas dúvidas e não esconda nada do seu médico, pois ele é a pessoa que mais pode te auxiliar neste quesito.
  5. Se informe sobre o cirurgião plástico que tratará do seu caso, se é mesmo especialista, sua formação, tempo de trabalho ou suas experiências com este tipo de procedimento. Além disso, procure opinião de outros pacientes do médico que possa te auxiliar e tranquilizar quanto à cirurgia.
  6. Conheça o espaço onde será feita a cirurgia, os aparelhos usados e saiba de todos os riscos que estará correndo. Lembre-se que é um procedimento operatório e envolve riscos como qualquer cirurgia.
  7. Como a calvície é um problema evolutivo, você precisará de todo suporte necessário para que o procedimento cirúrgico seja um sucesso e talvez de um apoio psicológico devido a grande mudança de visual pós-cirurgia. Portanto cumpra todos os requisitos pós-operatórios.

Como Fazer o Cabelo Crescer Rápido

Como Fazer o Cabelo Crescer Rápido

Uma das maiores fontes da vaidade feminina (e masculina) é o cabelo. A sensualidade da mulher brasileira está muito ligada, culturalmente, ao comprimento do cabelo e, no caso dos homens, na masculinidade e até no poder de virilidade.

Mas, o crescimento de cabelo pode ser em alguns casos e pessoas, um processo lento, ao longo do qual a auto-estima fica abalada e a ansiedade pelas longas madeixas aumenta dia a dia.

Qual a forma mais eficiente para o crescimento de cabelo? Como proceder? Como descobrir por que o cabelo não cresce? Qual o tratamento a ser seguido? O que funciona? Como ter um cabelão bonito, brilhante e saudável?

O cabelo saudável cresce, em média, entre 1 e 1,2 centímetros por mês. Assim, antes de entrar em desespero, é importante saber as razões pelas quais o cabelo não está crescendo nesta média.

Os principais motivos que prejudicam o crescimento de cabelo são: alterações hormonais, doenças crônicas como diabetes e câncer, dermatite seborréica (aumento da produção sebácea no couro cabeludo), alterações genéticas (má formação do folículo capilar o que provoca a falta de força para o cabelo crescer) e alimentação pobre em nutrientes essenciais para o crescimento de cabelo.

Alguns sintomas indicam que o cabelo não está crescendo na velocidade adequada: a queda excessiva, o afinamento dos fios. Caso encontre muitos fios no ralo, após o banho, na escova de cabelo, na roupa e nas cadeiras de casa e do trabalho, procure auxílio profissional, pois isto pode indicar que a pessoa está desenvolvendo algum problema de crescimento de cabelo e, como exposto, pode indicar ainda, problemas de saúde mais sérios.

Dessa forma, acelerar o crescimento de cabelo pressupõe de antemão, conhecer as causas que levam à queda de cabelo e ao crescimento lento. Tais causas variam de indivíduo para indivíduo, e apenas a consulta a um especialista, no caso um dermatologista especializado em cabelos, poderá orientar adequadamente o paciente.

A verdade é que não há uma solução milagrosa (colocar anticoncepcional no shampoo não faz o cabelo crescer, é mito!), adequada a todas as pessoas, um remédio mais eficiente que outro. O que é possível fazer é encontrar soluções específicas para problemas pontuais. No entanto, algumas atitudes cotidianas, receitas caseiras e o cuidado com o cabelo, podem auxiliar o processo.

Remédios Para Crescimento do Cabelo

O mercado de cosméticos oferece, atualmente, uma série de produtos para o crescimento de cabelo. Desde máscaras a tônicos, passando por óleos, como o de ríceno/mamona, e complexos vitamínicos. Encontrar o mais adequado dependerá de testes, até que o consumidor encontre o ideal para seu caso e de orientação profissional.

Leia também nosso artigo Remédio Para Queda de Cabelo – Causas e Tratamento →【Guia Completo!】que falamos mais sobe isto em detalhes.

Há ainda como alternativa, a manipulação de tônicos. Nesse caso, o paciente deve se dirigir a um profissional que indicará a melhor fórmula a ser manipulada de acordo com suas necessidades.

Como Fazer o Cabelo Crescer Rápido

Embora seja difícil achar um bom remédio (irei recomendar um excelente remédio no final deste artigo) para o crescimento do cabelo, é possível tonificar o processo de crescimento. Isto porque é possível nutrir e estimular o bulbo capilar, onde os fios são fabricados.

O bulbo precisa de uma quantidade de vitaminas e minerais para que o crescimento de cabelo ocorra na velocidade normal. Aumentando a quantidade de vitaminas e mineiras, é possível tonificar o bulbo e, assim, acelerar o crescimento.

Dessa forma, o uso de tônicos, máscaras e vitaminas, pode sim auxiliar, de maneira eficiente, o crescimento do cabelo. O importante é saber qual o produto mais adequado ao caso de cada um.

Alimentação e Estilo de Vida

A importância de uma alimentação e de um estilo de vida saudável também afeta os cabelos. Alguns hábitos e a alteração de outros podem te levar ao cabelão dos sonhos.

Como o cabelo é constituído principalmente de proteína, sua ingestão diária é fundamental para a saúde dos cabelos. Insira na sua dieta diária o consumo de peixes, frango, carnes e ovos, fontes de proteína e, portanto, fontes de nutrientes para o cabelo.

A dieta também deve ser rica em ferro, mineral que permite com que o cabelo absorva todos os outros nutrientes e, portanto, o mineral mais importante para o cabelo. Folhas verdes escuras, como couve, carnes, lentilhas e feijão, são fontes de ferro.

É preciso ainda consumir alimentos ricos em cálcio (leite e derivados), vitamina B1 (carne de porco, legumes, fígado), B2 (leite, vegetais, ovos), B6 (aveia, cereais) e B12 (fígado, carne, ovos), selênio ( peixe, grãos) e zinco (moluscos, farelo de trigo, leite).

Por fim, o enxofre atua como antifúngico e protege o cabelo de infecções. Fontes de enxofre são: couve-flor, agrião, repolho.

Parar de fumar também, além de ser importante para a saúde geral do corpo, é fundamental para a saúde dos cabelos. A nicotina atrapalha a circulação sanguínea, impedindo que o sangue chegue aos fios e ao bulbo, prejudicando o crescimento capilar.

Cuidado Com os Fios

O cuidado cotidiano com os fios pode auxiliar o crescimento dos fios, tonificando o bulbo capilar, estimulando a circulação sanguínea e incrementando a quantidade de vitaminas e minerais no couro cabeludo. Algumas boas dicas são:

  • Massageie o couro cabeludo para estimular a circulação sanguínea nos fios. Mas fique atenta, a massagem precisa ser delicada com movimentos leves para não agredir os fios. A massagem feita de forma errônea pode estimular as glândulas sebáceas, gerando dermatite seborreica e, portanto, prejudicando o desenvolvimento capilar.
  • Lave o cabelo com água fria ou morna.
  • Não utilize condicionador na raiz dos cabelos. O condicionador aumenta a oleosidade e o excesso de oleosidade também prejudica o crescimento. Condicionador, só nas pontas.
  • Lave o cabelo diariamente para evitar a oleosidade.
  • Evite o stress. Procure ter uma vida tranquila. O stress altera a produção do hormônio DHT, atrofiando o bulbo capilar.
  • Seque o cabelo de cabeça para baixo, para estimular a circulação sanguínea, e evite usar o secador perto da raiz, para não gerar atrito nos fios. Utilize temperaturas mais baixas ou amenas e deixe o secador distante dos fios.
  • Utilize o shampoo certo para seu tipo de cabelo e lave-o corretamente removendo todo o excesso de condicionador e shampoo.
  • Não durma com os cabelos molhados.
  • Não coloque muita pressão nos fios, ao prendê-lo, nem abafe os fios utilizando chapéus e bonés.
  • Tenha cuidado com a tintura, ela resseca e afina os fios porque afeta a produção de queratina, protetor natural dos fios. Portanto, caso pinte o cabelo, faça hidratações periodicamente e use shampoos para cabelos tingidos que funcionam e protegem os fios.

Receitas Caseiras Para Crescimento dos Cabelos

Todos os procedimentos que descrevemos vão auxiliá-lo(a), de maneira eficiente, a ter um cabelo mais comprido e mais saudável. Mas quem não gosta de uma receitinha caseira para fazer um tratamento de beleza em casa?

Como Fazer o Cabelo Crescer Rápido

Nada como tirar um dia para tratar da pele e dos cabelos, esquecer dos problemas e se cuidar um pouco. Vamos a algumas delas:

  • Suco de cenoura com iogurte: o iogurte é rico em proteínas e a cenoura em vitamina A, ambos fundamentais para o crescimento de cabelo. Diariamente tome uma vitamina feita com uma cenoura média com casca, um pote de iogurte e suco de laranja. Bata os ingredientes no liquidificador até obter uma mistura homogênea e beba sem coar uma vez ao dia.
  • Faça massagens, no couro cabeludo, por dez minutos. Uma vez por semana, adicione à massagem, óleos naturais, como azeite ou de mamona que nutrem o couro cabeludo e estimulam o crescimento dos fios.
  • Insira gelatina na sua alimentação. Ela aumenta a força e melhora a aparência dos fios. Você pode encontrá-la em cápsulas, ou adicionar gelatina seca em molhos e sucos de frutas.
  • Shake de cenoura maça e gengibre. O gengibre tem propriedades estimulantes que aceleram o crescimento de cabelo. Além disso, também protege e condiciona os fios e previne a caspa.
  • Vitamina de cenoura, beterraba, salsa, pepino e laranja, previne a queda de cabelo. O pepino é rico em sílica, mineral que fortalece o cabelo. Combinado com os outros ingredientes, ricos em vitamina C, esta vitamina proporciona os nutrientes necessários para manter o cabelo.
  • Outra boa dica é adicionar à mascara hidratante, alecrim, jojoba e babosa, in natura para fazer uma máscara para os cabelos. Estas plantas estimulam a circulação sanguínea e, em conseqüência, o crescimento dos fios. Você pode encontrá-las em feiras ou procurar por máscaras que tenham o chá delas na fórmula.
  • Faça um esfoliante de maracujá. Tudo o que você precisa é bater a polpa da fruta no liquidificador e aplicar no couro cabeludo deixando agir por cerca e dois minutos. Assim, como a pele, o couro cabeludo também pode e precisa ser esfoliado porque produz células mortas, acumulando oleosidade e alterando a oleosidade dos fios o que prejudica seu Também é possível encontrar, no mercado de cosméticos, produtos próprios para a esfoliação dos fios.

O Mais Importante é Se Sentir Bem

Nunca é demais destacar e frisar alguns pontos. Diante de tudo que explicamos é imprescindível que, caso opte por tratamentos com tônicos e remédios, consulte um dermatologista.

Apenas um profissional da área será capaz de identificar as causas do crescimento lento ou da queda de cabelo e prescrever o tratamento adequado. Lembre-se que, eventualmente, a velocidade do crescimento de cabelo pode indicar problemas hormonais ou ainda mais sérios que precisam do tratamento adequado e vão além de apenas encontrar uma solução para o crescimento dos fios.

Busque utilizar produtos de qualidade e não caia na tentação de acreditar em propagandas enganosas e milagrosas. O resultado pode ser ao invés de um belo cabelão, a danificação de seu cabelo e um problema ainda maior, e ninguém quer isto.

Pesquise, saiba o que você está comprando, os componentes da fórmula dos produtos. Isso pode dar algum trabalho, mas vale a pena já que o risco de utilizar um produto de má qualidade será reduzido.

Como Fazer o Cabelo Crescer Rápido

Abuse dos cuidados certos, trate seu cabelo com carinho. Óleos e tratamentos caseiros, apesar de não serem uma solução definitiva, vão auxiliar de forma eficiente no tratamento.

Além disso, ao dedicar alguns minutos do dia para si, seu stress será reduzido e sua auto-estima elevada, o que só colabora para o crescimento dos fios. Cuidar de seu cabelo, utilizando os procedimentos corretos fará, com certeza, que além de crescer, o cabelo fique mais forte, brilhante e bonito.

Cuide de sua alimentação e tenha um estilo de vida saudável. Lembre-se que, assim como a pele, o cabelo é um reflexo do bom funcionamento de todo o nosso organismo, ou seja, corpo saudável gera cabelo saudável. Cabelo saudável cresce mais e mais rápido.

Por fim, o mais importante: sinta-se bem. No caso das mulheres, sabe-se que todas elas saem do cabeleireiro frustradas com um corte ruim, loucas para ter o antigo corte de volta que só vem com tempo e paciência.

Todas já tiveram que usar o cabelo preso por meses, presilhas, tic-tacs, apliques e todo o tipo de artifício para solucionar a insatisfação, constante ou momentânea, com o cabelo que não cresce. Todas já se arrependeram de um corte curto e algumas tem mais dificuldade para deixar o cabelo crescer, por conta da própria natureza do cabelo ou de outros problemas.

A questão é que, diante de todos os tratamentos e todas as circunstâncias, de nada adianta passar por toda a luta pelo cabelo dos sonhos de cabeça baixa, sentindo-se mal. Até que encontre a solução e o caminho para o cabelo que deseja, desfrute do processo, goste de seu cabelo, valorize os fios que tem para poder atingir o visual ideal.

Pode demorar, pode ser frustrante. Você pode se deparar com algo que imagina ser a solução e ao utilizar, não ver resultado nenhum. Até que encontre o que é certo para você e adequado ao seu caso, muitas águas irão rolar. Neste meio tempo, divirta-se, cuide-se, use e abuse daquilo que você sabe que, de maneira saudável, deixa seu cabelo mais bonito.

O tempo passa e os cabelos crescem, por mais que desejemos que para os cabelos, e apenas para os cabelos, o tempo passe mais rápido.

Agora que você já conhece tudo sobre queda de cabelo, recomendamos a leitura do nosso artigo onde mostramos a melhor solução que encontramos para combater a calvicie. Basta clicar aqui ou na imagem abaixo para ter acesso imediato:

Até breve!

Avaliação
Data do Review
Item Avaliado
Queda de Cabelo
Nota
51star1star1star1star1star

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*